Saída a campo para perceber o Patrimônio Histórico Cultural do entorno da Baía Babitonga foi uma est


Os participantes da Formação Continuada em Ecocidadania (FCE), ação da Agenda Integrada de Ecocidadania facilitada pelo Projeto Babitonga Ativa (Univille) tiveram a oportunidade de perceber o Patrimônio Histórico Cultural (material e imaterial) dos municípios de entorno do Ecossistema Babitonga durante saídas a campo facilitadas entre os meses de outubro e novembro de 2016 nos municípios de Araquari, Balneário Barra do Sul, Garuva, Itapoá, Joinville e São Francisco do Sul. Neste ciclo foi realizada a saída a campo 2 da estrutura curricular:


Saída a Campo 2: Espaços e estruturas educadoras II (Patrimônio Histórico Cultural) – Módulo III: Espaços e Estruturas Educadoras


O ciclo de saídas a campo (teórica e prática) buscou potencializar o diálogo e a interação sobre as relações e os desdobramentos referentes aos patrimônios históricos culturais presentes nos municípios. Os facilitadores das saídas, os Educadores e Mestres em Patrimônio Cultural e Sociedade Andréa de Oliveira e Aldair Nascimento Carvalho, apresentaram conceitos referenciais ligados ao tema Patrimônio Histórico Cultural e as normativas legais que envolvem a temática. E ainda possibilitaram aos participantes a visitação em espaços patrimoniais na intenção de motivar o sentimento de pertencimento da cultura de cada município.


As atividades da FCE buscam despertar entre os participantes as principais questões socioambientais locais e regionais e sensibilizar os diversos sujeitos sociais envolvidos sobre a necessidade de integração de esforços e cuidados com a saúde da Baía Babitonga por meio do exercício da cidadania.


Em cada município os participantes puderam conhecer as práticas e ações desenvolvidas no âmbito do patrimônio cultural, entre elas as desenvolvidas pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN) e da Fundação Catarinense de Cultura (FCC), além das políticas municipais de cada cidade.


Os participantes demonstraram grande interesse em buscar novas interações e conhecimentos sobre os patrimônios culturais de cada município. A saída também contribuiu para a reflexão sobre a importância do tema cultural, pois, por meio da contextualização ampla e, ao mesmo tempo, direcionada sobre o ambiente cultural da Baía Babitonga, a temática Patrimônio Histórico Cultural foi discutida e internalizada.


Em Araquari, os participantes (professores do ensino básico) apresentaram significativa participação, interagindo com os conceitos e provocações apresentadas. O local visitado para a saída a campo foi o Engenho Carvalho que potencializou ainda mais a discussão da temática permitindo um acolhimento e aconchego com as questões referentes ao Patrimônio Histórico Cultural.


Em Balneário Barra do Sul houve boa participação dos integrantes e os processos de reflexão, desconstrução e construção de conceitos a partir das discussões encaminhadas foram positivas. A saída a campo, realizada no entorno da Lagoa da Costeira (Baía Babitonga), foi significativa e permitiu uma maior abordagem do tema vivenciado in loco para uma maior apropriação da temática.


Em Garuva, na saída realizada à Biblioteca Municipal, o grupo formado em sua maioria por professores e profissionais da gestão escolar ou da área cultural dialogaram e ressignificaram conceitos arraigados sobre a temática possibilitando o desenvolvimento potencial para aprofundamentos posteriores.


Em Itapoá, na OCA da Reserva Volta Velha (Reserva Particular do Patrimônio Natural), o local foi propício para a introdução da temática da saída e contribuiu significativamente para a discussão. Os participantes (professores, servidores públicos e comunitários) também demonstraram grande interesse na discussão dos conceitos e implicações ligadas ao conteúdo histórico.


Em Joinville as discussões aconteceram na Escola Estadual Governador Celso Ramos, onde os participantes (professores e pessoas ligadas a outras áreas de atuação na comunidade) demonstraram conhecimento dos conteúdos e grande interesse em aprofundamento do tema. O diálogo possibilitou a discussão em torno da contextualização das referências históricas que implicam o município no contexto do ecossistema Babitonga. Neste município não houve visitação a um patrimônio histórico cultural.


Em São Francisco do Sul, a saída a campo envolveu a visita ao Museu Histórico Prefeito José Schimidt por meio de uma roda de conversa sobre o tema e a caminhada pelas ruas do Centro Histórico com um olhar da baía para as construções e das “cariocas”, bicas de água com grande valor histórico para o município. Também houve boa participação do grupo (profissionais ligados a área da educação) e as discussões foram proveitosas, trazendo bons momentos de reflexão e construção de consciência coletiva.


O reconhecimento do Patrimônio Histórico Cultural da região da Baía Babitonga possibilita a experimentação e sensibilização sobre a temática cultural assim contribuindo para o fortalecimento e valorização do processo de construção da identidade cultural de cada município. Os facilitadores recomendam que a educação básica considere a temática cultural (Educação Patrimonial) no processo de ensino e aprendizagem de educadores e alunos, tendo em vista a preservação da identidade cultural de entorno da Baía Babitonga.


A reflexão sobre o conceito de Patrimônio Cultural (objeto ou relação com o ambiente) fortalece a percepção de que a Baía Babitonga é uma paisagem cultural e pertence aos municípios de seu entorno. Diante disso é emergencial a necessidade de fortalecimento e criação de Políticas Públicas que preserve o patrimônio histórico cultural de entorno do Ecossistema Babitonga.


As saídas proporcionaram muitos aprendizados e reflexões sobre as riquezas históricas e culturais da Baía Babitonga. Saída a campo é uma estratégia didática com propósito pedagógico de sensibilização socioambiental por meio do conhecimento dos espaços que podem se tornar educadores a partir da experiência vivencial e a interação com o meio.


Contato facilitadores:

Andrea de Oliveira: decaoliva@yahoo.com.br

Aldair Nascimento Carvalho: daia.cultura@gmail.com



São Francisco do Sul


Joinville

Itapoá

Garuva

Balneário Barra do Sul

Araquari

Posts Em Destaque
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square