Grupo Pró-Babitonga elege 30 integrantes para seu segundo mandato (2018/2020)

Foram eleitos e empossados na 12ª reunião plenária do GPB, que ocorreu na manhã do 08 de maio, no auditório do Ministério Público Federal (MPF), em Joinville, os 30 integrantes que farão parte do Grupo Pró-Babitonga (GPB) até 2020. A eleição ocorreu por aclamação. Os segmentos mantiveram, em números absolutos, uma representatividade praticamente igualitária. Foram eleitos nove representantes do segmento socioambiental, dez do segmento público e 11 do socioeconômico. Um edital simplificado para a complementação das vagas remanescentes será lançado em breve. Fique atento! Saiba mais em: https://www.facebook.com/probabitonga/ Confira a lista das entidades eleitas: SEGMENTO PÚBLICO ▫Prefeitura

Diagnóstico Socioambiental do Ecossistema Babitonga recomenda a criação de uma Área de Proteção Ambi

Um importante documento elaborado pelo projeto Babitonga Ativa/UNIVILLE foi o Diagnóstico Socioambiental do Ecossistema Babitonga. Este estudo foi financiado com recursos provenientes da Justiça Federal. Produzido por uma equipe multidisciplinar composta por mestres e doutores nas áreas da Biologia, Oceanografia e Geografia, teve como base centenas de estudos científicos produzidos sobre a região, assim como a sistematização do conhecimento de mais de uma centena de usuários dos recursos que compareceram a 36 oficinas participativas. O diagnóstico recomenda a implementação de uma Unidade de Conservação de Uso Sustentável da categoria APA (Área de Proteção Ambiental), a menos restritiva do Si

Grupo Pró-Babitonga possui uma Câmara Técnica de Fiscalização Ambiental

“Deveriam fazer uma lei contra isso.” Essa frase já virou tão clichê em nossa sociedade que, para muitos, a resposta mais clara se tornou “mas já tem!”. E agora? Como seguimos? Em 2011, o jornal O Globo divulgou a estonteante média de 6.865 leis criadas por ano em um período de 2000-2011, somando então um montante de 75.517 leis para seguirmos ou ignorarmos por completo, como já ocorre com incontáveis documentos hoje em dia. Cansamos também de ouvir sentenças como “lá fora as leis são mais rígidas” e não nos damos conta de que o fato de uma lei existir ou ser pesada não importa muito se não houver cobrança e fiscalização. É essa cobrança que um pequeno grupo de especialistas vem tentando fac

Arquivo de notícias
Categorias de notícias
Siga
  • Facebook Basic Square