Pescadores artesanais de Balneário Barra do Sul indicam territórios pesqueiros do Ecossistema Babito


Um grupo de pescadores artesanais de Balneário Barra do Sul participou, na segunda-feira (09/05), de oficina de planejamento espacial marinho promovida pelo Projeto Babitonga Ativa (Univille). O objetivo da reunião foi identificar os usos e reunir informações sobre os benefícios oferecidos aos pescadores pelo Ecossistema Babitonga. O encontro foi realizado na Escola Estadual Dom Gregório, em espaço gentilmente cedido pela direção da escola. O Projeto Babitonga Ativa também agradece ao técnico José Educardo Calcinoni, da Empresa de Pesquisa Agropecuária e Difusão Tecnológica (Epagri) de Balneário Barra do Sul, pelo apoio na mobilização dos pescadores locais para participação na oficina.


​Entre os principais pontos levantados pelos pescadores estão conflitos com a pesca industrial e a necessidade de saneamento nas cidades. O ciclo de oficinas de planejamento espacial marinho produzido pelo Projeto Babitonga Ativa também contou com a participação de pescadores, agentes de transporte aquaviário, agentes de turismo e lazer e empresas mineradoras.


A realização destas oficinas junto aos usuários diretos de recursos da Baía e região costeira adjacente, ou seja, das pessoas que dependem do ecossistema para o desenvolvimento direto de suas atividades, estão subsidiado uma pesquisa para o planejamento espacial marinho da Baía Babitonga. Esta análise vai mostrar, de maneira clara, um retrato das principais áreas com as diversas atividades que são desenvolvidas, apontando as áreas degradadas e as áreas com prioridade para conservação do Ecossistema Babitonga.


Posts Em Destaque
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square