Projeto Babitonga Ativa é indicado como o primeiro caso demonstrativo de Planejamento Espacial Marin



O Projeto Babitonga Ativa foi recomendado pela plenária do Grupo de Integração do Gerenciamento Costeiro (GI-Gerco), secretariado pelo Ministério do Meio Ambiente (MMA), como o primeiro estudo de caso demonstrativo sobre Planejamento Espacial Marinho para a Comissão Interministerial para Recursos do Mar (CIRM), da Marinha do Brasil. A recomendação foi feita na última sexta-feira (15.4), durante reunião ordinária do GI-Gerco, em Brasília.


O coordenador de Ciência do Projeto Babitonga Ativa, Leopoldo Gerhardinger, participou do encontro. Atendendo a solicitação do setor acadêmico e do Ministério Público Federa (MPF)l ao GI-Gerco, ele apresentou as ações do projeto e do Painel Brasileiro para o Futuro do Oceano (PainelMar), atualmente secretariado pela União Internacional para a Conservação da Natureza (UICN). O Projeto Babitonga Ativa é executado com a parceria da UICN, que busca estabelecer o projeto como um piloto no âmbito do PainelMar. Seu objetivo é buscar a organização de redes de conhecimento para transformar positivamente sistemas de governança baseados em territórios marinhos.

O GI-Gerco é uma entidade colegiada do MMA que reúne técnicos e especialistas dedicados à gestão ambiental nos municípios da linha costeira brasileira. Segundo o colegiado do GI-Gerco, o Projeto Babitonga Ativa é o primeiro caso nacional demonstrativo de planejamento espacial marinho para estudo e monitoramento. No próximo ano, uma série de novas reuniões e pesquisas deverão ocorrer entre o Projeto e o GI-Gerco com vistas a uma agenda comum de aprendizado e troca de conhecimentos e práticas para o gerenciamento costeiro.

Posts Em Destaque
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square