GT Gerco do GPB quer apoiar prefeituras do ecossistema Babitonga

4-Mar-2020

Com o objetivo de fomentar o processo de discussão e implementação do Gerenciamento Costeiro (Gerco) e seus instrumentos nos municípios inseridos no ecossistema da Baía Babitonga, o Grupo de Trabalho de Gerenciamento Costeiro (GT Gerco) do Grupo Pró-Babitonga (GPB), vem promovendo discussões sobre o tema em reuniões mensais que acontecem no Ministério Público Federal (MPF) de Joinville, SC.

Coordenado pela servidora pública Taynara Gonçalves Pinheiro, da Secretaria de Meio Ambiente de Itapoá (Semai), outro foco do grupo é contribuir para o Zoneamento Ecológico Econômico Costeiro (ZEEC) proposto pelo governo do Estado, ou nas discussões que possam dar sequência à elaboação de um Planejamento Espacial Marinho (PEM) da Babitonga. "Pela grande representatividade do GPB temos bastante a contribuir nas ações de ordenamento desse ecossistema".

O GT Gerco decidiu também enviar formulário às prefeituras de Joinville, São Francisco do Sul, Araquari, Balneário Barra do Sul, Garuva e Itapoá para atualizar informações referente ao Projeto de Gestão Integrada (PGI) da Orla Marítima (Projeto Orla), que busca o ordenamento dos espaços litorâneos sob domínio da União aproximando as políticas ambiental e patrimonial, com articulação entre as três esferas de governo e a sociedade.
“Pretendemos organizar um fórum para discussão sobre desenvolvimento dos PGI com apresentação de estudo de caso, de Itapoá, e com a participação também de representantes do Serviço de Patrimônio da União (SPU) e Gerco SC, entre outros”, diz a coordenadora do GT Gerco do GPB, Taynara Pinheiro.

 

Grupo Pró Babitonga (GPB) – Colegiado que reúne voluntários dos segmentos socioambiental, público e socioeconômico num amplo processo de gestão ambiental participativa do Ecossistema Babitonga.

Gâmara Técnica (CT) – Grupos de voluntários focados em discussões técnicas específicas para estabelecer ações que permitam ao GPB atingir seus objetivos.

Ecossistema Babitonga – Localizado no litoral norte de Santa Catarina, delimita-se pela lâmina d’água da Baía Babitonga, incluindo seus bosques de manguezal e marisma, além do litoral adjacente a baía, entre a foz dos rios Saí-Guaçú (ao norte) e Itapocu (ao sul), até a profundidade de vinte metros.

 

Assessoria de Comunicação do GPB - DRT 003371 JPSC - comunicacaoprobabitonga@gmail.com

Please reload

Posts Em Destaque

"Operação Uçá", a 2ª ação integrada de fiscalização na Baía Babitonga

July 20, 2019

1/10
Please reload

Posts Recentes

February 28, 2020

February 21, 2020

Please reload

Arquivo