Comunidades têm estímulo à participação no GPB

18-Jan-2020

Filho de pescador, Samuel Rocha exerce a milenar profissão desde criança. Num dos momentos mais emocionantes do Grupo Pró-Babitonga (GPB), numa fala em defesa da baía, contou que o pai um dia disse que ele jamais seria um homem rico com essa profissão.

A resposta carinhosa foi: “Pai, eu já sou rico. Olha toda a riqueza que é essa Babitonga. É aqui que eu vivo e trabalho, pai. Eu já sou um homem muito rico”.

O GPB busca também a promoção da ecocidadania para ativar a consciência coletiva de valorização do patrimônio socioambiental no ecossistema da Baía Babitonga. Para isso, a mobilização social às diversas comunidades é meta constante do colegiado que tem o voluntariado como base estruturante. A comunidade de pescadores artesanais, por exemplo, sempre foi uma das mais estimuladas à participação no GPB.

O ano de 2020 começa com a consolidação do Grupo de Trabalho de Pesca (GT Pesca) que tem sua primeira reunião em 04 de fevereiro, às 10h, no auditório do Ministério Público Federal (MPF), em Joinville, SC.

O pescador artesanal Samuel Rocha, 47, de São Francisco do Sul, SC, participa do GPB desde 2017. No colegiado consolidou-se como uma importante liderança entre os pescadores e foi um dos principais articuladores para a criação do GT Pesca. Ele diz que o GPB é uma oportunidade única de defender a Baía Babitonga e quer contribuir com a experiência e conhecimento que tem do ecossistema. “No GPB eu exponho minhas ideias e são sempre bem aceitas. Devemos pensar no futuro, para as próximas gerações. Por isso eu digo aos meus colegas pescadores: vamos defender a Babitonga. Esse é nosso maior patrimônio”.

 

Grupo Pró Babitonga (GPB) – Colegiado que reúne voluntários dos segmentos socioambiental, público e socioeconômico num amplo processo de gestão ambiental participativa do Ecossistema Babitonga.

Grupos de Trabalho (GT) – Grupos de voluntários focados em discussões específicas com o principal propósito de organizar atividades de interesses comuns, mas que também contribuam com o atingimento dos objetivos do GPB.

Ecossistema Babitonga – Localizado no litoral norte de Santa Catarina, delimita-se pela lâmina d’água da Baía Babitonga, incluindo seus bosques de manguezal e marisma, além do litoral adjacente a baía, entre a foz dos rios Saí-Guaçú (ao norte) e Itapocu (ao sul), até a profundidade de vinte metros.

 

Assessoria de Comunicação do GPB - DRT 003371 JPSC - comunicacaoprobabitonga@gmail.com

 

 

Please reload

Posts Em Destaque

"Operação Uçá", a 2ª ação integrada de fiscalização na Baía Babitonga

July 20, 2019

1/10
Please reload

Posts Recentes

February 28, 2020

February 21, 2020

Please reload

Arquivo