As afinidades e diferenças do Grupo Pró-Babitonga (GPB) e do Projeto Babitonga Ativa (PBA)

5-Dec-2017

 

Você já deve ter ouvido falar desse dois grupos e, possivelmente, tenha dificuldade em entender o que é um e o que é outro. Embora atuem com um propósito maior, que é a gestão ecossistêmica e integrada da Baía Babitonga, os integrantes desses dois grupos têm objetivos diferentes. GPB e PBA não são, de fato, "a mesma coisa". Entenda a diferença e as afinidades das duas siglas:

 

 

Projeto Babitonga Ativa

 

O PBA é um projeto de pesquisa e extensão da Univille e foi aprovado pelo Edital do Ministério Público Federal no âmbito do julgamento da Ação Civil Pública nº 2008.72.01.0006302. Está ligado diretamente e é executado pela Universidade da Região de Joinville (UNIVILLE), por meio da Pró-Reitoria de Extensão e Assuntos Comunitários. A equipe do projeto é composta por profissionais permanentes e conta também com consultores externos, o que garante uma atuação transdisciplinar. As ações do Babitonga Ativa se concentram em duas linhas:

 

1) Mobilização social, informando a população e ativando a consciência coletiva de valorização do patrimônio socioambiental, por meio de uma série de ações, como formação continuada, palestras e oficinas, eventos, seminários, saraus e festivais, reuniões técnicas a articulação com lideranças.

 

2) Planejamento estratégico, com a elaboração de diagnósticos integrados sobre a saúde do ecossistema. O planejamento é dividido em três linhas: diagnóstico socioeconômico e ambiental, planejamento espacial marinho e sistema de informação geoespacial. Todo esse material pode ser encontrado no site www.babitongaativa.com.

 

 

Grupo Pró-Babitonga

 

O fórum chamado GPB foi criado em maio de 2017 durante os trabalhos do Babitonga Ativa. Embora sua criação esteja diretamente ligada ao PBA, o GPB ou Pró-Babitonga, não está subordinado a nenhuma instituição pública ou privada. É um ambiente de discussão e deliberação em que todos os setores que vivem no entorno da baía podem se manifestar. Assim, agentes diretos e indiretos podem discutir e deliberar os assuntos de seus interesses em pé de igualdade.

 

O Grupo Pró-Babitonga tem o objetivo de reunir e facilitar a integração da sociedade civil, do poder público e da iniciativa privada dos seis municípios do entorno da baía para planejar o desenvolvimento territorial do ecossistema Babitonga. Os integrantes do fórum são eleitos e representam  três segmentos: público, socioeconômico e socioambiental.

 

O GPB se reúne mensalmente, discute e delibera os assuntos que dizem respeito à baía. A reuniões do GPB ocorrem toda 2ª terça-feira de cada mês às 9:30h no Auditório do Ministério Público em Joinville e são abertas para a participação de toda a sociedade.


 

Please reload

Posts Em Destaque

"Operação Uçá", a 2ª ação integrada de fiscalização na Baía Babitonga

July 20, 2019

1/10
Please reload

Posts Recentes
Please reload

Arquivo