Reunião histórica entre Governo do Estado, Grupo Pró-Babitonga e Ministério Público Federal traz pos


Integrantes do governo do Estado, do Projeto Babitonga Ativa (www.babitongaativa.com) e do Ministério Público Federal (MPF) se reuniram recentemente para discutir uma maneira de integrar as ações de gerenciamento costeiro e fazer com que as iniciativas sejam aceleradas num sentido único. A reunião ocorre no âmbito do Grupo de Trabalho Geoespacial, formado no Grupo Pró-Babitonga (GPB) para integrar as ações de planejamento.

Alguns municípios, como Itapoá, estão com o processo de discussão e planejamento costeiro mais adiantado. Por outro lado, há iniciativas sendo tomadas isoladamente por órgãos governamentais.

O encontro foi realizado na Agência de Desenvolvimento Regional de Joinville e contou com a presença do coordenador do Programa Estadual de Gerenciamento Costeiro de Santa Catarina (Gerco-SC), Jorge Rebolo, do coordenador de dados espaciais da Secretaria de Planejamento e Gestão, Thobias Furlanetti, do secretário de Meio Ambiente de Itapoá, Ricardo Haponiuk, dos procuradores da República Thiago Gutierres e Flavio Pavlov, do gerente de Planejamento Regional, Volnei Francisco Batista e dos integrantes do Projeto Babitonga Ativa Dannieli Gerhardinger, Leopoldo Gerhardinger e Fabiano Grecco.

A importância estratégica do GPB foi reconhecida pelos participantes do encontro, e ficou encaminhado que os resultados do Planejamento Espacial Marinho que o Projeto Babitonga Ativa está conduzindo, sob orientação do GPB (saiba mais), será utilizado para a revisão do Zoneamento Ecológico-Econômico da zona costeira adjacente à Baía Babitonga. Estudos e diagnósticos da UDESC também serão realizados na região, com o foco no desenvolvimento territorial da porção terrestre no entorno da baía. Os participantes frisaram a importância de integração entre as iniciativas.

Posts Em Destaque
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square