Pescadores de São Francisco do Sul, Garuva e Itapoá conhecem os resultados da 1ª rodada de oficinas

Atualizado: Jul 15



Pescadores artesanais da Baía Babitonga foram convidados a participar das oficinas de Planejamento Espacial Marinho com o objetivo de avaliar os resultados da primeira rodada de oficinas, realizada em 2015. Em setembro (27), pescadores de São Francisco do Sul participaram da oficina, realizada no Portal Turístico Naval, espaço cedido pela prefeitura municipal. Em outubro (8), pescadores de Garuva estiveram presentes na oficina realizada na Associação do Palmital. A oficina com pescadores de Itapoá aconteceu em novembro (10), na Associação Comunitária do Pontal e Figueira.


​Os presidentes das colônias de pesca Z-02, Antônio Oliveira, da Colônia Z-30, Semindo Hirt e da Colônia Z-01, Abel Gomes, e nove pescadores em cada localidade, acompanharam as oficinas em seus seus respectivos municípios, São Francisco, Garuva e Itapoá.


As oficinas de Planejamento Espacial Marinho conduzidas pelo Projeto Babitonga Ativa, são muito importantes ferramentas para auxiliar no planejamento e gestão do Ecossistema Babitonga, buscando o desenvolvimento econômico sustentável e manutenção de funções e serviços Ecossistêmicos.


Saiba mais sobre Planejamento Espacial Marinho


Nas oficinas da segunda rodada, os participantes puderam legitimar resultados obtidos na primeira rodada, fortalecer a representatividade do seu setor na gestão ambiental pública. Também foi um momento em que puderam apontar alternativas para a resolução de conflitos na região.


​A bióloga Dannieli Herbst, destaca o esforço de mobilização empregado para realização das oficinas, que envolveu o convite pessoal junto a mais de 100 pessoas. O processo de mobilização e convites também contou com a contribuição dos presidentes das Colônias de Pescadores de Garuva e Itapoá.


Posts Em Destaque
Posts Recentes