Grupo Estratégico de Mobilização (GEM) se reúne com Secretaria do Planejamento de Santa Catarina

23-Feb-2016

 

O Grupo Estratégico de Mobilização (GEM) se reuniu na última quinta-feira (18.2), no auditório do Ministério Público Federal (MPF) em Joinville, para receber a apresentação do diretor de Cartografia e Estatística da Secretaria de Planejamento de Santa Catarina (SPG), Carlos Crespo, sobre as ações do governo estadual  para a implantação do Plano Estadual de Gerenciamento Costeiro (Gerco) na Baía Babitonga. A proposta inicial para a criação do Grupo Pró-Babitonga (GPB) também foi apresentada. O encontro reuniu 45 representantes de 26 instituições do setor público, iniciativa privada e da sociedade civil do entorno da Baía Babitonga.

 

Os dados das oficinas de planejamento espacial marinho, conduzidas pelo Projeto Babitonga Ativa no último semestre, serão oferecidos à diretoria de Cartografia e Estatística. Segundo Crespo, o mapeamento de usos, a valoração e a identificação de serviços ecossistêmicos da baía a partir das entrevistas com grupos de pescadores, maricultores, mineradores, operadores de turismo e operadores portuários, poderão ser utilizadas para a revisão do Gerco na Baía Babitonga.

 

Também foi apresentada a proposta inicial de composição do GPB, com representantes do setor público, aberto a entidades municipais, estaduais e federais dos poderes legislativo, executivo e judiciário; do setor socioeconômico​, para usuários de recursos diretos ou indiretos, organizações da sociedade civil e privado com interesses particularizados; e do setor socioambiental​, dirigido a organizações da sociedade civil que representam os interesses da coletividade e dos bens comuns.

 

O GEM busca direcionamento estratégico para a gestão compartilhada da Baía Babitonga. Seu objetivo é facilitar o processo de formação do GPB - foro representativo da sociedade civil organizada, poder público e iniciativa privada a ser formado para discutir a saúde da Baía Babitonga. As reuniões do GEM são secretariadas pelo Projeto Babitonga Ativa e contam com o acompanhamento do MPF, do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) e do Centro Nacional de Pesquisa e Conservação da Biodiversidade Marinha do Sudeste e Sul (Cepsul/ICMBio).

 

Participaram do encontro, representantes da Secretaria de Planejamento do Estado de Santa Catarina (SPG), Secretaria de Meio Ambiente de Joinville, Secretaria de Meio Ambiente de São Francisco do Sul, Secretaria de Agricultura e Pesca de São Francisco do Sul, Secretaria de Saneamento Ambiental de Garuva, Secretaria de Meio Ambiente de Itapoá, Polícia Militar Ambiental, Capitania dos Portos de São Francisco do Sul, Associação Comercial e Industrial de Joinville (Acij), Associação Empresarial de São Francisco do Sul (ACISFS), Transpetro, Porto de Itapoá, Porto de São Francisco do Sul, Terminal Portuário de Santa Catarina (TESC), Comitê de Bacia Cubatão-Cachoeira, Associação dos Municípios do Nordeste de Santa Catarina (Amunesc), Instituto Federal Catarinense (IFC-Araquari), Associação de Defesa e Educação Ambiental (ADEA), Instituto Caranguejo, Rotary Club Joinville Leste, Associação Movimento Ecológico Carijós (AMECA), Associação de Preservação e Equilíbrio do Meio Ambiente de Santa Catarina (APREMA), Universidade da Região de Joinville (Univille), Colônia de Pescadores de Itapoá Z-01 e da Aldeia Indígena Morro Alto, de São Francisco do Sul.

 

Please reload

Posts Em Destaque

"Operação Uçá", a 2ª ação integrada de fiscalização na Baía Babitonga

July 20, 2019

1/10
Please reload

Posts Recentes
Please reload

Arquivo