Oceanos terão mais plástico do que peixes dentro de 35 anos



Relatório divulgado na semana passada durante o encontro anual do Fórum Econômico Mundial alerta para a estimativa de que os oceanos passarão a ter mais lixo de plástico do que toda a população de peixes dos mares até 2050. Caso nenhuma medida seja tomada em alternativa à utilização do plástico em embalagens e à falta de reciclagem destes materiais, o produto irá consumir 20% de toda a produção petrolífera mundial. Atualmente, o índice está em 5%.


Desde 1964, a produção de plástico cresceu 20 vezes. A expectativa é de que ela duplique nas próximas duas décadas e quadruplique até 2050. O Fórum Econômico Mundial considerou necessária uma “reformulação total das embalagens e dos plásticos em geral”, bem como a procura de alternativas ao petróleo, principal matéria para a produção de plástico.


“O sistema atual de produção, de utilização e de abandono de plásticos tem efeitos negativos significativos: entre US$ 80 bilhões e US$ 120 bilhões em embalagens de plástico são perdidos anualmente”, destacou o relatório. Apesar dos custos de produção, apenas 5% do plástico mundial é reciclado, enquanto 40% acaba em lixões e 35% vão parar nos oceanos.


Segundo o relatório, a proporção entre as toneladas de plástico e as toneladas de peixe registradas nos oceanos era de 1 para 5 em 2014. Em 2025, será de 1 para 3 e em 2050 irá evoluir de 1 para 1. Enquanto isso, vários países tentam atualmente limitar o uso de sacos plásticos. Em Portugal, entrou em vigor em fevereiro de 2015 uma taxa sobre os sacos plásticos leves. A França quer proibir o uso único de sacos plásticos em março, enquanto o Reino Unido também aprovou uma legislação que exige que o uso de sacos plásticos seja sujeito a pagamento.

Posts Em Destaque
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square