“Gafanhotos” concorrem com pescadores artesanais e comprometem a biodiversidade na Baía Babitonga, segundo pescadores da Vila da Glória

18-Nov-2015

 

Pescadores da Vila da Glória, em São Francisco do Sul, cobram mais fiscalização contra a pesca ilegal e o desrespeito aos períodos de defeso de peixes na Baía Babitonga. Essa foi a afirmação de cerca de 15 pescadores artesanais da região, durante oficina de mapeamento de usos da Baía Babitonga, conduzida pelo Projeto Babitonga Ativa. O encontro foi realizado na sexta-feira (6.11), no Centro de Estudos e Pesquisas Ambientais (CEPA) da Universidade da Região de Joinville (Univille), na Vila da Glória.

 

 

Segundo os pescadores, os “gafanhotos” são um dos maiores problemas enfrentados no dia a dia pesqueiro na Vila da Glória. Assim são chamados pelos nativos os pescadores ocasionais e não profissionais que usam a baía esporadicamente, desrespeitando as regras sobre o tamanho dos pescados e o período de defeso das espécies. Na visão dos pescadores, como os “gafanhotos” não dependem da pesca, eles não tem nada a perder desrespeitando as leis. Segundo os participantes da reunião, essa concorrência é desleal e induz outros pescadores a descumprirem as normas, o que acaba sendo uma fragilidade para a pesca.

 

Além do pedido de fortalecer a fiscalização ambiental, os pescadores sugeriram algum tipo de capacitação por parte da Polícia Militar, para que os próprios pescadores da região possam fiscalizar a baía com maior efetividade. Os participantes apontaram, também, a liberação desordenada de carteiras de pesca como um problema enfrentado pelos profissionais. Entre os participantes havia pescadores do Estaleiro, Frias, Praia Bonita e Vila da Glória.

 

O encontro com os pescadores da Vila da Glória foi a nona oficina promovida pelo Projeto Babitonga Ativa. Até meados de dezembro, a etapa de reuniões com os grupos de usuários diretos da Baía Babitonga será finalizada. A partir da integração dos resultados obtidos junto a pescadores, maricultores, operadores de transporte aquaviário, agentes de turismo e mineradores, será possível estabelecer um mapa integrado de usos e recursos da baía.

Please reload

Posts Em Destaque

"Operação Uçá", a 2ª ação integrada de fiscalização na Baía Babitonga

July 20, 2019

1/10
Please reload

Posts Recentes
Please reload

Arquivo