Projeto Babitonga Ativa colabora com Museu Nacional do Mar no fortalecimento da cultura indígena

24-Sep-2015

 

Com a temática da valorização e fortalecimento da memória indígena nacional, o Instituto Brasileiro de Museus (Ibram) promove, até domingo (27), a 9ª Primavera dos Museus em todo o país. Em São Francisco do Sul, o Museu Nacional do Mar abriu a programação na terça-feira (22) com a colaboração do Projeto Babitonga Ativa, da Reserva Particular do Patrimônio Natural (RPPN) Volta Velha, da aldeia guarani Morro Alto, do Coletivo Memórias do Mar, da Fundação Cultural de São Francisco do Sul e do Museu Histórico Prefeito José Schimidt. Entre as atividades estão rodas de conversa, apresentações artísticas e palestras sobre a atual situação social indígena.

 

Nesta quinta-feira (24), às 9h30, a equipe do Projeto Babitonga Ativa participou da primeira roda de conversa da programação, no Museu Histórico Prefeito José Schmidt, com a presença de representantes indígenas. Às 13h30, o projeto facilitou a apresentação do Coral Infanto-juvenil guarani da aldeia Morro Alto, no Mercado Público. Composto por 20 crianças e jovens, o coral resgata e fortalece as músicas tradicionais da cultura guarani. Depois da apresentação, das 15h às 17h, as crianças e jovens guaranis terão a oportunidade de participar de uma oficina sobre o artesanato indígena, conduzida por mulheres guaranis responsáveis pelo trabalho manual de artesanias.

 

Amanhã, das 9h às 10h, representantes da Aldeia Morro Alto irão abordar a temática indígena na Baía Babitonga e, das 11h às 12h30, a RPPN Volta Velha vai tratar do tema sob a perspectiva dos indígenas do Alto Xingu, no Mato Grosso. No mesmo dia, das 14h às 17h, também será realizada uma roda de conversa para integrar as comunidades indígenas e buscar envolvimento junto à Agenda Integrada de Ecocidadania, facilitada pelo Projeto Babitonga Ativa. Também é esperada a participação da Fundação Nacional do Índio (Funai) e do Museu Histórico de São Francisco do Sul nesse debate.

 

As atividades estão sendo realizadas no Museu Nacional do Mar, localizado no Centro Histórico de São Francisco do Sul. Além das atividades artísticas e dos debates, representantes indígenas da aldeia Morro Alto, localizada no bairro Laranjeiras, estão comercializando seus artesanatos na entrada do museu.

 

Veja abaixo a programação

 

24/9

13h30 - Mercado Público Municipal

Coral Infanto-juvenil Guarani - Aldeia Morro Alto (aberto ao público)

15h às 17h - Auditório do Museu Nacional do Mar

Oficina ‘Fortalecimento Cultural - Artesanato Guarani (dirigido ao público Infanto-Juvenil Guarani - Aldeia Morro Alto)

 

25/09

9h às 10h - Auditório do Museu Nacional do Mar

Palestra ‘Cultura Indígena com representantes da Aldeia Guarani Morro Alto (aberto ao público)

11h às 12h30 - Representante da cultura Indígena

Palestra ‘Cultura Indígena” com representante do Alto Xingu (aberto ao público)

14h às 17h - Auditório Museu Nacional do Mar

Roda de Conversa ‘Cultura Indígena’ (aberto ao público)

Please reload

Posts Em Destaque

"Operação Uçá", a 2ª ação integrada de fiscalização na Baía Babitonga

July 20, 2019

1/10
Please reload

Posts Recentes

February 28, 2020

February 21, 2020

Please reload

Arquivo