Saiba mais sobre o derramamento de óleo na Baía Babitonga em 2008

22-Jul-2015

 

 

Em 30 de janeiro de 2008, o combio formado pela barcaça Norsul 12 e pelo empurrador Norsul Vitória chegou às 22h34 à entrada do Porto de São Francisco do Sul, tendo partido de Vitória (ES) às 18h15 de 28 de janeiro daquele ano. A barcaça carregava 340 bobinas de aço, totalizando 9 mil toneladas do material, além de 117,1 mil litros de óleos, dentre os quais 90 mil litros de óleos pesados, 13,8 mil litros de óleo diesel, 13,3 mil litros óleos lubrificantes e 7 mil litros de mistura oleosa.

Da carga total de 117,1 mil litros de óleos transportados pelo comboio, 116,5 mil litros foram derramados no mar, sendo que apenas 7,9 mil litros foram recolhidos, de acordo com relatório de investigação do acidente, promovido pela Marinha do Brasil. Após o emborcamento foi possível notar a presença de óleo na água em torno das embarcações e, após 12 horas, a mancha de óleo possuía uma extensão de aproximadamente 1.500 m de comprimento por 300 m de largura.

 

O emborcamento não ocasionou óbito entre os tripulantes do comboio. Tanto a barcaça quanto o empurrador foram desemborcados e recuperados e a carga de bobinas de aço também foi retirada do mar para ser enviada ao sucateamento.

 

A Marinha, por meio da Gerência de Meio Ambiente da Diretoria de Portos e Costas, classificou o acidente como “dano ambiental muito grave”, devido “ao volume de óleo derramado, o atingimento de praias na região, a existência de espécies ameaçadas, ao fato de o local ser considerado de grande importância ambiental e diante das ações tardias de contenção dos danos”.

 

Para ter acesso ao relatório completo de investigação do acidente, clique aqui.

 

Please reload

Posts Em Destaque

"Operação Uçá", a 2ª ação integrada de fiscalização na Baía Babitonga

July 20, 2019

1/10
Please reload

Posts Recentes
Please reload

Arquivo