Projeto Babitonga Ativa inicia reuniões com o setor de transporte aquaviário da Baía Babitonga

O Projeto Babitonga Ativa iniciou uma série de visitas com representantes do setor de transporte aquaviário da Baía Babitonga nesta semana. O objetivo das reuniões foi apresentar as ações do projeto, entre elas a construção do Grupo Pró-Babitonga (GPB) e do Plano Adaptativo e Colaborativo para a Governabilidade Ecossistêmica (PGE) da Baía Babitonga. Até o momento, os encontros aconteceram junto ao Porto de São Francisco e às empresas Construção e Montagem Offshore (CMO) e Terminal Graneleiro Babitonga (TGB), que aguardam a condução de processos de licenciamentos ambientais. Na terça-feira (25.08), o encontro foi com a assessora de comunicação da CMO, Luciane Fachini, e com o engenheiro Ted M

Pescadores de São Francisco do Sul discutem impactos da possível instalação de novos complexos portu

Algumas das consequências socioambientais a respeito da instalação de novos complexos portuários e estaleiros na Baía Babitonga foram discutidos, na última quinta-feira (20), em debate público convocado por pescadores de São Francisco do Sul, na sede do Sindicato dos Estivadores. A pedido dos trabalhadores e de suas famílias, o vereador Salvador Gomes (PSB) convidou o Ministério Público Federal (MPF) para participar do encontro, que reuniu cerca de 100 pessoas ligadas à atividade pesqueira. Entre outras preocupações, os pescadores reclamam da inércia do poder público em discutir e planejar a abertura do Canal do Linguado e a despoluição do Rio Cachoeira. Eles também temem pela perda na quali

Projeto Babitonga Ativa inicia reuniões com secretarias de Educação do entorno da Baía Babitonga

A equipe do Projeto Babitonga Ativa apresentou, na última semana, propostas de parceria para o desenvolvimento de oficinas socioambientais e culturais para professores da rede pública de ensino e educadores formais e informais de Garuva e Joinville. As reuniões aconteceram na quarta-feira (12), com a secretária de Educação de Garuva, Adriane Galando; e na quinta-feira (13), com a coordenadora do Núcleo de Educação Ambiental (Neam) da secretaria de Educação de Joinville, Rosimar Pereira. O objetivo é oferecer uma formação continuada em ecocidadania à comunidade escolar da região da Baía Babitonga. A proposta do Projeto Babitonga Ativa, é que, após este período, a comunidade escolar possa dar

Pesca de praia pode desaparecer na Baía Babitonga, segundo pescador de São Francisco do Sul

“Hoje, qualquer um pode tirar do mar o que quiser. A fiscalização sobre a pesca não está legal e, se não tomarmos providências, não vamos salvar a Baía Babitonga”. O depoimento é do pescador aposentado Ivan Maia, 61 anos, morador de São Francisco do Sul. Na última sexta-feira (7), a equipe do Projeto Babitonga Ativa esteve com seu Maia para apurar as mudanças históricas ocorridas no ecossistema e nas espécies de peixes mais capturadas pela atividade pesqueira na Baía Babitonga, litoral norte de Santa Catarina. Os relatos do pescador indicam a necessidade de melhorar a gestão costeiro-marinha na região. Segundo Maia, a pesca de praia na Baía Babitonga corre o risco de desaparecer nos próximos

Projeto Babitonga Ativa inicia trabalhos no Centro Histórico de São Francisco do Sul

O Projeto Babitonga Ativa agora conta com sede própria para desenvolver suas ações. Ontem, o escritório do projeto foi aberto no Centro Histórico de São Francisco do Sul (SC), na Rua Dr. Luiz Gualberto, 57. O local vai concentrar as atividades internas da equipe e também servirá para atender ao público interessado em conhecer e contribuir com o projeto. A escolha do local, no centro da cidade, foi pensada para facilitar a integração entre o Projeto Babitonga Ativa e a população. A sede está localizada próxima à Igreja Matriz Nossa Senhora da Graça, à Prefeitura Municipal e à Baía Babitonga. O horário de funcionamento é das 8h às 12h e das 13h30 às 17h30, de segunda a sexta-feira. Projeto Bab

Arquivo de notícias
Categorias de notícias
Siga
  • Facebook Basic Square