Projeto Babitonga Ativa recolhe dados sobre serviços ecossistêmicos

O Projeto Babitonga Ativa iniciou suas atividades de pesquisa com a comunidade de pescadores da Baía Babitonga para diagnosticar as mudanças históricas ocorridas no ecossistema e nas espécies mais capturadas pela atividade pesqueira na região, como peixes e crustáceos. Os dados fazem parte de pesquisa de doutorado da bióloga Dannieli Herbst, que visa, identificar, mapear e valorar os serviços ecossistêmicos da região, bem como suas mudanças ao longo do tempo. Na última quarta-feira (22), o pescador Alfredo Pereira, 78 anos, morador de São Francisco do Sul, passou a tarde compartilhando um pouco dos seus conhecimentos sobre a pesca artesanal na baía. Segundo o seu Alfredo, a maioria das espéc

Projeto Babitonga Ativa promove Seminário de Planejamento Integrado

O Projeto Babitonga Ativa (PBA) promoveu, entre 23 e 26 de junho, na Reserva Ecológica Volta Velha, em Itapoá (SC), o Seminário de Planejamento Integrado. O encontro foi direcionado aos representantes das demais iniciativas selecionadas pelo Ministério Público Federal (MPF) em Joinville para executar recursos provenientes de multa ambiental. Além de nivelar os conceitos mais importantes para a melhoria na gestão ecossistêmica e sustentável da Baía Babitonga, o seminário também integrou as ações que serão abordadas pelos demais projetos às iniciativas do Projeto Babitonga Ativa. A partir das apresentações, dinâmicas e diálogos desenvolvidos ao longo do seminário, os participantes viram a opor

Novos projetos socioambientais para a Baía Babitonga

O Projeto Babitonga Ativa reuniu, em 22 de junho, na sede do Ministério Público Federal (MPF) em Joinville (SC), os representantes dos projetos selecionados pelo órgão para executar recursos provenientes de multa ambiental. O encontro marcou o lançamento do projeto, executado pela Universidade de Joinville (Univille) por meio da Pró-Reitoria de Extensão e Assuntos Comunitários. O objetivo do trabalho é elaborar, de forma colaborativa com os diversos segmentos da sociedade, do poder público e da iniciativa privada, um plano de gestão adaptativo que seja sistematicamente discutido e aperfeiçoado para o desenvolvimento socioambiental sustentável da região, que compreende os municípios de Joinvi

Saiba mais sobre o derramamento de óleo na Baía Babitonga em 2008

Em 30 de janeiro de 2008, o combio formado pela barcaça Norsul 12 e pelo empurrador Norsul Vitória chegou às 22h34 à entrada do Porto de São Francisco do Sul, tendo partido de Vitória (ES) às 18h15 de 28 de janeiro daquele ano. A barcaça carregava 340 bobinas de aço, totalizando 9 mil toneladas do material, além de 117,1 mil litros de óleos, dentre os quais 90 mil litros de óleos pesados, 13,8 mil litros de óleo diesel, 13,3 mil litros óleos lubrificantes e 7 mil litros de mistura oleosa. Da carga total de 117,1 mil litros de óleos transportados pelo comboio, 116,5 mil litros foram derramados no mar, sendo que apenas 7,9 mil litros foram recolhidos, de acordo com relatório de investigação do

O QUE É O PROJETO BABITONGA ATIVA?

A atual etapa do desenvolvimento humano nos coloca em situação de pensar e decidir sobre o futuro da sociedade para além das atuais gerações. Devido a várias pressões provenientes da ocupação marinha nas áreas costeiras, o que se vê, de maneira geral, é uma realidade de crise: pesca improdutiva, poluiçã o dos oceanos, além de uma crescente interferência antrópica trazida pelo desenvolvimento tecnológico. Na Baía Babitonga não deve ser diferente. Seus recursos naturais e o desenvolvimento humano precisam ser pensados de forma transversal e integrada. Sob esta premissa, aumentar a capacidade de a população discutir e administrar seu território representa um grande desafio na busca do equilíbri

Arquivo de notícias
Categorias de notícias
Siga
  • Facebook Basic Square